O que é a terapia do riso?

A terapia do riso é um método complementar a outros cuidados de saúde que tem como objetivo a promoção do bem-estar físico e emocional de pessoas em situação de sofrimento por meio de exercícios e atividades que estimulem o riso.

A prática ganhou visibilidade na década de 60, quando o médico americano Hunter Doherty Adams revolucionou a história da medicina ao mostrar que a felicidade e o tratamento humanizado desempenhavam papel decisivo na recuperação de pacientes hospitalizados.

Sua trajetória abriu caminho para diversos estudos sobre o papel do riso na saúde e na qualidade de vida das pessoas e serviu de inspiração para o surgimento de grupos e organizações, como o Doutores da Alegria, cujo trabalho beneficia mais de 27 mil pessoas em hospitais públicos nas cidades de São Paulo e do Rio de Janeiro.

Como funciona?

Indicada como prática complementar no tratamento de pessoas que estão atravessando momentos difíceis, como internações prolongadas, doenças terminais e depressão, a terapia do riso preconiza o aspecto lúdico das experiências e do contato entre pacientes e profissionais de saúde.

Em sessões individuais ou coletivas, são sugeridos diversos exercícios e atividades que provoquem o riso, como a repetição de mantras que estimulam o abdômen — ponto-chave da risada —, a encenação de movimentos e de situações cômicas e a combinação de exercícios de respiração com mímica.

Cabe aqui ressaltar que o método não substitui os tratamentos convencionais e que o acompanhamento de um psicólogo e demais especialistas é indispensável para a resolução de problemas de saúde e do sofrimento psíquico.

Quais os benefícios da terapia do riso?

De acordo com Eduardo Lambert, médico e homeopata autor do livro Terapia do Riso – A Cura pela Alegria, o riso estimula a secreção de endorfina e serotonina, substâncias responsáveis pela sensação de bem-estar. Estudos apontam que rir reduz em até 10% a sensação de dor e diminui a produção dos hormônios cortisol e adrenalina, responsáveis pelo estado de estresse, que em excesso podem aumentar o risco de diabetes, hipertensão arterial e depressão.

Veja a seguir de que outras formas a terapia do riso contribui para o alcance de uma vida saudável.

Fortalece o sistema imunológico

Com uma quantidade reduzida dos hormônios cortisol e adrenalina circulando pela corrente sanguínea, a produção de células de defesa do organismo aumenta. O resultado desse processo é um sistema imunológico fortalecido e pronto para combater agentes patológicos que ameaçam o equilíbrio da saúde.

Protege contra infarto e doenças coronárias

Um estudo realizado pela Universidade de Maryland provou que rir faz bem ao coração. Quando gargalhamos, os vasos sanguíneos se dilatam e o ritmo dos batimentos cardíacos acelera, fazendo com que mais sangue circule pelo organismo. Consequentemente, há um aumento da oxigenação dos tecidos e a diminuição da pressão arterial.

FONTE: https://blog.psicologiaviva.com.br/terapia-do-riso/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *