medicina de família e comunidade é uma especialidade médica e para ser reconhecido como profissional nessa especialidade é necessário, após a faculdade, fazer uma residência médica e/ou prestar uma prova de titulação na especialidade.

O profissional dessa especialidade pode atuar em diversos cenários, tanto no setor público quanto privado do sistema de saúde, como:
  • Ambulatórios;
  • Hospitais;
  • Gestão de serviços de saúde;
  • Ensino e pesquisa.
Costumo dizer que o médico de família é um especialista para além das doenças, ele é especialista em gente. Sua atuação é baseada na relação médico-paciente, que deve ser individualizada para cada pessoa. Além disso, esse especialista tem o papel de evitar que as pessoas façam exames desnecessários, procedimento, consultas e intervenções que não sejam indicadas ou que possam trazer mais riscos do que benefícios.
A atuação do médico de família traz o privilégio de todos os dias poder ouvir toda e qualquer pessoa e poder cuidar delas.
Que tipo de atendimento ele realiza?
Realizamos atendimentos às pessoas independente do gênero, idade, doença ou condição de saúde. Podendo atender gestantes, crianças, adultos e idosos com as mais diversas dúvidas e queixas (ginecológicas, respiratórias, cardiológicas, urinárias…).
Como um médico de família pode contribuir para minha saúde? O que ele precisa saber de mim?
O médico de família faz um atendimento individualizado para as pessoas com os mais diversos históricos. Para a construção dessa relação de cuidado é importante que o médico de família saiba além do histórico de saúde, o entendimento de vida, medos, angustias, desejos, sonhos e planos de seus pacientes. Essas são informações importantes para que, de forma compartilhada, possamos buscar uma melhora na qualidade de vida, manutenção da saúde, cuidado das doenças e diminuição da carga que as doenças podem trazer para as pessoas. Na Clínica Einstein esse atendimento é feito por médicos e enfermeiros, com apoio de nutricionistas, educadores físicos, psicólogos, entre outros, trabalhando juntos para garantir o cuidado da sua saúde e construir um plano de cuidado exclusivo para você.
Quais doenças um médico de família trata?
O treinamento do médico de família é focado nas condições mais prevalentes na população, por exemplo:
  • Medidas de prevenção (check-ups);
  • Promoção da saúde;
  • Hipertensão;
  • Diabetes;
  • Doenças respiratórias;
  • Corrimento.
Como é a relação do médico de família com outras especialidades?
Atuamos de forma conjunta com as mais diversas especialidades médicas e também com outras profissões, tanto do universo da saúde como de outras áreas, quando for importante para a pessoa atendida.
Às vezes é necessário compartilhar o cuidado com outro profissional médico quando um tratamento não esta trazendo o resultado esperado ou quando existe uma condição que não é tão prevalente.  Dessa forma conseguimos atender de forma complementar e conjunta com todas as especialidades.
Qual a diferença entre um médico de família e um clínico geral?
O médico de família para ser denominado como tal deve fazer uma residência médica e/ou prestar uma prova de titulação na especialidade. Ele atende independente de gênero ou idade. Já o clínico geral, no Brasil, usualmente é denominado como tal, por ter feito uma residência de clínica médica. Em alguns locais aquele profissional que fez medicina, porém não fez uma residência também é chamado de clínico geral.
Esse escopo de atuação amplo com esse olhar individualizado, centrado na pessoa, entendendo seu contexto de forma integral com um compartilhamento do cuidado também diferenciam esse profissional.
Como é o acompanhamento? O médico de família me acompanhará pela vida inteira?
Sim, diversos estudos sugerem que pessoas que tem o seu médico de família que o acompanham por um longo período de tempo tem uma saúde melhor, controlam mais suas doenças e internam menos.
Gosto muito da seguinte frase para descrever esse acompanhamento: “Estarei lá quando precisar de mim. Vou me esforçar para te entender na sua própria história, oferecer cura se eu puder, tentar aliviar sua dor, sempre oferecer conforto, fazer o meu melhor para não te expor a nenhum mal. E você precisa saber que seus segredos estão seguros comigo.”
FONTE: https://www.einstein.br/noticias/entrevistas/dr-rafael-herrera-ornelas

One thought on “Médico de família, o que é?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *