Essa questão é especialmente importante no caso de pessoas idosas, que são o principal grupo de risco vulnerável a desenvolver complicações pela Covid-19 e, por isso, precisam ficar totalmente isoladas. Em muitos casos, elas sentem falta da interação social e do contato com familiares e amigos, ficando mais tristes e ansiosas. Confira algumas dicas para amenizar os impactos do isolamento de pessoas idosas neste período:

 

  • Pergunte e converse sobre suas histórias antigas e reveja junto delas fotos de momentos importantes, que tragam boas recordações. Isso ajuda a dar sentido positivo às suas experiências e reforça sua importância na vida de familiares e amigos;

 

  • Procure jogos de mesa, como damas ou dominó, por exemplo, para jogar junto com a família. Os jogos podem ser uma forma de distração para os mais velhos e ajudam a “matar o tempo” e não focar apenas nas notícias sobre o coronavírus;

 

  • Combine de assistir a filmes ou programas que gostam juntos. A atividade ajuda a relaxar e, caso vocês estejam longe, a dica é combinar de ver o mesmo filme simultaneamente, cada um em sua casa, e comentar sobre ele depois;
  • Incentive-os a cuidar do corpo e fazer atividades que gostam, como dançar, cozinhar, ler, ouvir música, cultivar plantas ou tocar um instrumento. Busque na internet exercícios leves que podem ser feitos dentro de casa, como alongamentos e aulas de yoga;

 

  • Se na casa houver um quintal ou uma varanda, é interessante que o idoso tire alguns minutos do dia para tomar sol, aproveitar para absorver vitamina D e tentar relaxar. Os horários mais indicados para tomar sol são antes das 10h e após as 16h;

 

  • Criar uma rotina, com horários definidos para cada tarefa, ajuda a regular nosso relógio biológico e aumenta nosso o bem-estar. No caso de idosos que estão trabalhando em casa, isso é importante para separar as horas de trabalho das outras atividades;

 

  • Tome cuidado para não infantilizar o idoso, porque isso pode afetar sua autoestima. Apesar de estarem mais vulneráveis, pessoas mais velhas não devem ser tratadas como crianças. Deixe que elas expressem seus desejos e opiniões e mantenham a autonomia, definindo os horários para realizar as tarefas do dia a dia. Ofereça ajuda quando for necessário. A rotina deve ser confortável para eles.

FONTE: https://drauziovarella.uol.com.br/coronavirus/quarentena-como-cuidar-da-saude-mental-dos-idosos-em-isolamento/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *