1. Rinite

A rinite é uma das alergias respiratórias mais frequentes em todo o mundo e afeta diariamente milhões de pessoas no Brasil, sendo comum tanto em crianças como em adultos. Seu curso geralmente é autolimitado, mas, em determinadas situações, pode desencadear problemas maiores em pessoas suscetíveis, como a asma.

Os sintomas incluem obstrução nasal, espirros, coriza, perturbações no sono e fadiga. Pode ser desencadeada por ácaros, poeira, pelos de animais, pólen, entre outros. O diagnóstico é feito pela clínica, somada a testes cutâneos e análise sanguínea. O tratamento pode incluir o uso de um anti-histamínico e corticoides nas formas persistentes.

2. Alergia alimentar

A alergia alimentar também é uma das alergias comuns e pode ser bastante grave se não for diagnosticada a tempo. Os sintomas iniciais são erupções na pele, urticária, náuseas e diarreia. O grande perigo é quando ocorre uma reação anafilática, que pode causar uma inflamação severa na garganta, obstruindo a respiração e causando até a morte.

Os alimentos campeões em causar esse mal são o amendoim, amêndoas, nozes, ovos, caju e crustáceos em geral. O diagnóstico é feito por meio de testes cutâneos e sanguíneos, que detectam a presença de anticorpos específicos. O tratamento é feito com anti-histamínicos, corticoides e adrenalina, no caso do choque anafilático.

3. Eczema de contato

O eczema de contato é a alergia que ocorre quando a pessoa entra em contato com uma determinada substância que causa o problema, como metais — como o níquel, o alumínio e o cromo — ou algumas substâncias químicas. Pode ocorrer em pessoas de qualquer idade, mas é mais comum em adultos.

Os sintomas incluem coceira e vermelhidão na região em questão. O diagnóstico é feito, sobretudo, com a observação da área afetada, mas também existem testes de sensibilidade. O tratamento constitui-se basicamente em evitar novos contatos com o agente que provoca a alergia, mas pode incluir o uso de corticoides se isso não for possível.

4. Urticária

Por fim, a urticária é outro tipo de alergia bastante comum. As causas são as mais diversas e podem incluir o contato com ácaros, alimentos, medicamentos, pólen, picadas de insetos, entre outras.

Até mesmo estímulos como o frio ou calor excessivos e situações de estresse podem precipitar o surgimento do problema. O sintoma mais evidente é a presença de manchas avermelhadas e pápulas que causam coceira. O tratamento inclui o uso de remédios como anti-histamínicos e corticoides nos casos mais graves.

Fonte: https://www.hipolabor.com.br/blog/saiba-quais-sao-os-4-tipos-mais-comuns-de-alergia-e-como-trata-las/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *