As tatuagens estão cada vez mais populares entre os jovens e adultos! E com esse crescimento todo, muitas das afirmações que se falavam antes, caíram por terra!

No século XX, era muito comúm que pessoas tatuadas sofressem preconceito, ou fossem rotuladas pela marca que carregavam no seu corpo. Geralmente esses eram, presidiários, marinheiros, soldados que haviam participado de alguma guerra e judeus.  Logo, na época… os rótulos que as tatuagens impunham, faziam com que a pessoa não fosse bem vista diante a sociedade. E nem vamos falar das mulheres, essas de maneira alguma poderiam ter tatuagens!

Mas, como tudo nessa vida, evoluímos! E hoje a  tatuagem é considerada uma forma de arte corporal ! Apesar de algumas empresas e pessoas ainda possuírem o pensamento retrógrado da época, hoje, é muito mais comúm vermos alguém tatuado do que uma pessoa de corpo lindo. Essa revolução artística abriu portas até para a terceira idade, que na época queria ter uma marca no seu corpo, mas não podia.

Sendo assim, vamos conhecer alguns mitos e verdades.

 Agulha deve ser descartável – Verdade

A agulha dever ser descartável sim, toda vez que for fazer uma tatuagem nova o tatuador deve abrir os equipamentos na sua frente para que você veja que é a primeira fez que eles está usando.

E a após o uso das agulhas ele descarte em um local correto, que é uma caixa amarela para descarte desse itens.

 

2-Tatuados não devem doar sangue ou fazer transfusão – Mito

Isso é um mito, podemos doar sangue e fazer transfusão, mas o que ocorre é que precisamos de um tempo para fazer isso, o recomendado é um ano após a tatuagem  feita para que o teste que é feito para ver se temos alguma doença seja realizado corretamente. Já ouvi falar que quando nos tatuamos entramos no grupo de risco e por isso nos olham de forma diferente.

doacoodsangue

3- Casquinhas que se formam após a tatuagem não podem ser removidas. – Verdade

 

É recomendável não retirá-las para evitar o aparecimento posterior de cicatrizes, como já falei é importante sempre está cuidado da cicatrização da tatuagem, com aplicação da pomada recomendada pelo tatuador. E mesmo coçando e dando vontade de tirar a casquinha não remova elas.

4- Nos primeiros dias, bater no local tatuado causa queloide – Mito

O que pode causar queloide é durante a tatuagem, que se a pessoa tive já predisposição de ter queloide já que ela é algo genético.

5- Quem fez tatuagem não deve ir à praia. Mito

Pode ir, mas deve evitar a exposição ao Sol nos primeiros dias depois de feita a tatuagem para não estimular o processo inflamatório. E, depois de uns quinze dias a 30 dias de acordo com a indicação do seu tatuador você deve usar protetor solar na pele.

6- Chocolate e fritura dificultam a cicatrização da pele – Verdade

Existe algumas restrições alimentares, sempre que terminar sua sessão tire a suas dúvidas com o tatuador e ele irá explicar tudo que tiver questionamentos e alguns deles lhe dão uma lista de alimentos que pode ou não pode comer no processo de cicatrização. Esse prazo é de uns 15 dias que pode depender de cada organismo.

7-Há partes do corpo que doem mais na hora de fazer a tatuagem. Verdade

Já falei na coluna doí ou não dói fazer tatuagem  alguns pontos do corpo que doem fazer a tatuagem, confira lá e comenta o que achou.

8- Não posso fazer tatuagem na gravidez  e na amamentação- Verdade

Claro , não é recomendado fazer tatuagem quando está gravida e nem quando está amamentando, a tinta no corpo pode entrar na corrente sanguínea e atrapalha o desenvolvimento do bebê.

9-Toda tatuagem pode ser removida – Mito

Esse mito não precisa nem de explicação, algumas tatuagens podem ser removidas mais o custo é tão caro que muita gente não pensa em fazer isso.

10 –  Local que tem tatuagem não nasce pelo – Mito

Eu tenho algumas tatuagens e algumas vezes pessoas que me encontram na rua e ver que estou com pelo no braço ou na perna onde tenho tatuagem me falam que achavam que no local que tem tatuagem não nasce pelo. Nasci sim, só que a gente tem que está sempre se depilando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *