Como já diria Camões:

“Amor é um fogo que arde sem se ver; 
É ferida que dói, e não se sente; 
É um contentamento descontente; 
É dor que desatina sem doer.

Amor é ficar do lado da pessoa quando ela está bem, é apoiar nos maus momentos, é ajudar quando precisa, aconselhar quando deve e brigar se necessário. É dizer o que se pensa sem medo de ser julgada, é caminhar descalça em milhares de cacos de vidros, mas não sentir dor.

Amor é correr para aquele abraço, é aguardar o outro chegar cansado e perguntar como foi o dia, e ouvir… mesmo que o dia tenha sido péssimo e ele (a) esteja nervoso (a), é cafuné até o cabelo ficar oleoso ou dar nó, é perder o nojo de ficar do lado de gente gripada, é aprender que cada um tem um lado na cama, mesmo que isso seja difícil. Amar é acordar com frio e ver a outra pessoa enrolada nas cobertas, e não brigar, apenas levantar e buscar outro cobertor.

Amor é viajar, dividir, correr junto, cair junto… amor é ser livre, mesmo estando com alguém!

Amar é aprender que você é muito melhor sozinha, mas consegue ser incrível acompanhada!

Feliz mês dos namorados!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *