Muitas pessoas falam sobre Yoga ou Ioga, porém poucas sabem sobre ela, ou entendem os benefícios dessa prática. Então, vamos começar por partes…

A Yoga é É um termo de origem sânscrita, uma língua presente na Índia, em especial na religião hinduísta. Yoga é um conceito é uma filosofia, que trabalha o corpo e a mente, através de disciplinas tradicionais de quem a pratica. Ela une o corpo, mente e respiração.

Além do mais, ela ajuda a melhorar o equilíbrio, controlar sua respiração, diminuir a ansiedade, ajudar com o foco, aumenta sua atenção, diminui sua tensão e seu stress diário. Por ter tantos benefícios e ser totalmente adaptável,  ela é uma prática que pode ser executada por crianças, jovens, adultos e por idosos! A grande maioria de suas posições e exercícios são adaptáveis  para cada pessoa, sendo assim, não existe desculpa para não praticar.

Abaixo, vamos postar alguns exercícios indicados para a melhor idade !

  1. 1. A Posição De Libertação

    À medida que o corpo envelhece, as dores de costas e nas articulações têm tendência a aumentar. Para que isso não aconteça, é necessário trabalhar a postura e o equilíbrio do corpo. A postura de libertação é um dos exercícios de ioga de maior sucesso e a sua prática permite alongar a zona lombar e os quadris, esticando todos os músculos que se encontram nestas áreas.

    Para fazer este exercício corretamente, é preciso seguir os passos seguintes:

    • Deite-se de costas com os joelhos dobrados e pés no chão
    • Levante a coxa direita até ao peito
    • Estique a perna esquerda ao longo do chão, mantendo o pé flexionado
    • Mantenha a pélvis e a nádega direita no chão
    • Respire profundamente até sentir os músculos a relaxar
    • Repita o exercício com a outra perna

    Este exercício físico é, sem dúvida, uma mais-valia para os idosos que sofrem de dores de costas e das articulações, mas, deve ser combinado com outras posturas de ioga para que os resultados sejam mais eficazes.

    2. A Posição De Vara

    Quando se é idoso, o corpo deixa de ter a força e a flexibilidade de outros tempos e podem não ser apenas as costas a precisar de cuidados adicionais, mas também as pernas, mãos e articulações. Nesse aspeto, a postura de vara é um dos melhores exercícios de ioga para idosos, uma vez que fortalece os músculos do meio das costas, os quadriceps e melhora o funcionamento das articulações, nomeadamente os joelhos e os tornozelos.

    Para executar esta postura, deve cumprir com os aspetos seguintes:

    • Sente-se no chão com as pernas esticadas para a frente. Se pretender, pode sentar-se no chão com as omoplatas viradas contra uma parede para que as costas fiquem em linha recta
    • Coloque as mãos no chão, junto aos quadris e aponte os dedos das mãos em direção aos pés
    • Flexione os músculos das coxas, sem endurecer a zona do abdómen
    • Curve os tornozelos, apontando os dedos dos pés em direção ao seu tronco
    • Mantenha a sua coluna esticada e tente aguentar nesta posição 2 a 10 respirações profundas

    Este tipo de exercício físico é benéfico para a saúde de uma pessoa mais idosa, pois trabalha a postura, a estabilidade e a amplitude de movimentos do seu corpo, o que lhe vai permitir realizar mais facilmente as tarefas mais simples do dia-a-dia.

    3. A Posição De Cadeira

    Este é um exercício cardiovascular excelente para os idosos, pois melhora a circulação do sangue e ajuda o coração a funcionar melhor. Trata-se de uma posição única que exercita vários músculos do corpo de uma vez só, o que requer um maior fluxo de sangue e de oxigénio nas áreas trabalhadas.

    Para fazer corretamente este exercício, é preciso seguir as indicações seguintes:

    • Mantenha os pés juntos
    • Inale e balance os braços para o lado, segurando-os acima da cabeça com as palmas das mãos viradas para dentro
    • Expire e flexione os joelhos de modo a que o seu tronco e os topos das suas coxas formem um ângulo reto (como que se estivesse a sentar numa cadeira)
    • Fique nesta posição durante um minuto
    • Inale para ficar de pé novamente e expire para baixar os braços

    Se tiver dificuldades em realizar este exercício, pode usar uma parede para estabilizar o corpo. À medida que se for sentindo mais forte, deixe de a utilizar, pois assim conseguirá trabalhar melhor os músculos e as articulações do corpo.

    4. A Posição De Se Curvar Numa Cadeira

    O ioga, além de diminuir o risco de doenças cardíacas, também diminui significativamente a pressão arterial. Um dos exercícios que mais contribui para esse decréscimo é a posição de se curvar numa cadeira. Para fazer este exercício da melhor maneira, deve realizar os próximos passos:

    • Sente-se numa cadeira para não sobrecarregar as suas costas, mantenha os joelhos juntos e os pés apoiados no chão
    • Inale e ao expirar curve-se para a frente, curvando as suas costas para a frente
    • Mantenha os braços soltos e esticados
    • Fique nessa posição durante três respirações

    Ao longo deste exercício, o peito deve ficar junto às pernas e a testa deve ser colocada perto dos joelhos. Quando se sentir mais forte e dinâmico, pode remover a cadeira e realizar esta posição em pé, curvado para a frente.

    5. A Posição De Triângulo Invertido

    As mulheres são mais suscetíveis ao desenvolvimento da osteoporose, uma doença que fragiliza os ossos e torna-os propensos à rutura à medida que se vai envelhecendo. Os exercícios de resistência e de equilíbrio podem reduzir a possibilidade de fraturas ósseas, ao passo que, os exercícios de ioga, como a posição de triângulo invertido, aumentam a força da estrutura óssea do corpo humano. Para praticar este exercício, é preciso estar de pé e seguir os 7 pontos seguintes:

    • Coloque o seu pé esquerdo à frente do pé direito e certifique-se que eles ficam separados à distância aproximada de um metro
    • Vire ligeiramente os pés para fora e trace uma linha imaginária entre eles
    • Mantenha os seus braços de lado e as ancas para a frente
    • Expire e dobre-se para a frente do quadril, virando lentamente o tronco para a esquerda
    • Coloque a mão direita no chão do lado de fora do pé esquerdo, estique o braço esquerdo sobre a sua cabeça e, se possível, olhe para cima
    • Mantenha a posição durante três respirações
    • Endireite e repita o exercício para a outra perna

    Esta postura exige alguma flexibilidade e deve ter em consideração que se sofrer de problemas lombares não deve fazer este exercício, pois, corre o risco de agravar o seu problema.

    Sendo assim, esperamos que você tenha gostado da dica de hoje, e pratique com seus avós, tios e com quem mais você quiser! E claro,  não exija do seu corpo mais do que ele pode suportar. Não há necessidade de querer começar o exercício como um mestre, a Yoga é paciência… então, aceite os seus limites!

                           

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *