A gente sabe que quando nascemos precisamos de uma dieta rica em vitaminas, minerais e estritamente saudável, uma vez que nosso corpo está em formação, criando anticorpos e se adaptando a todo o exterior que ele não estava acostumado.

Dizem que quando envelhecemos, nos tornamos crianças de novo, por conta de alguns hábitos, teimosias… e não é só nossa aparência que muda, nosso organismo por dentro também, e por isso, é sempre muito importante a retornar alguns hábitos que deixamos passar na nossa vida adulta.  Um muito importante é a alimentação…

durante nossos dias de glória, aonde estamos envolvidos com o trabalho, preocupados em ajudar a familia, ou terceiros, passando por stress, dúvidas e questionamentos diários, deixamos de lado uma alimentação saudável. Se alimentar bem não significa que o único propósito é emagrecer, ou ganhar aquele corpo sonhado para o verão. Uma alimentação saudável é balancear de forma inteligente tudo que se é ingerido no dia a dia, é  comer de tudo, sem exageros…. E por isso, quando envelhecemos, muitas vezes acabamos por dar continuidade em alguns hábitos de nossa vida adulta, por isso, segue a dica de quatro alimentos que não podem faltar na sua dieta, e mais importante, na dieta do pessoal da melhor idade .

1. Leites e derivados

– Esse alimentos são de fácil digestão e as principais fontes de cálcio, que protege ossos e articulações. O ideal é dar preferência aos desnatados e consumir de três a quatro porções por dia.

2. Frutas, verduras e legumes

– Dê preferência às frutas, verduras e legumes da estação e in natura. O efeito no bolso e no corpo serão imediatos – diz a nutricionista que explica também que banana, laranja e mamão são frutas que podem ser consumidas em qualquer época do ano.

Esses alimentos são ricos em fibras, vitaminas e sais minerais que vão ajudar a descongestionar o trânsito estomacal. Além disso, deixam o prato mais saboroso e diverso.

3. Alimentos integrais

Farinhas, arroz, aveia, massa. Consumidos em massa na versão refinada, atualmente os mercados já apresentam esses tipos na versão integral de diversas marcas e a um custo mais acessível.

4. Chás claros

Marinês explica que hidratação é fundamental para os idosos. Como paladar pode perder a sensibilidade com o passar dos anos, nem sempre a água é um prazer para eles. Por isso, beber chás claros gelados e sem açúcar pode ser uma boa pedida para alternar com a água.

– Café e chás escuros devem ser evitados porque prejudicam o metabolismo dos mais velhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *